Seja bem vindo
São Paulo,22/07/2024

    • A +
    • A -
    Publicidade

    O Grande Clamor da Recuperação no Solo Sagrado

    Saiba como foi o encontro

    Fonte: Universal.org
    O Grande Clamor da Recuperação no Solo Sagrado Fotos: Cedidas

    Na segunda-feira, dia 27 de fevereiro, às 20h, ocorreu “O Grande Clamor da Recuperação“, no Solo Sagrado, localizado em Brasília.


    O quadro geral:

    Bispos e Pastores de todo o Brasil estiveram no Solo Sagrado para orar em favor daqueles que precisavam de uma recuperação financeira.


    “Quando nós falamos de recuperação na Bíblia, logo nos vem à mente a história de Jó, que você conhece bem e sabe que ele perdeu, da noite para o dia, os bens, os filhos, a saúde. Só não perdeu a fé. O diabo levou e só deixou a esposa”, explicou o Bispo Renato Cardoso, durante o encontro.

    Assim, o Bispo acrescentou que, com o passar do tempo, as perdas começaram a amargurar a alma de Jó. Por isso, a pessoa precisa tomar cuidado para que o mesmo não ocorra em uma situação semelhante. Há aqueles que adoecem na alma e na fé, quando tudo vai mal. A pessoa não pode deixar de frequentar a igreja por causa das adversidades.

    Igualmente, aquela situação serviu para que fosse revelado o que realmente estava dentro de Jó: o medo de perder (Jó 3). Se o dinheiro é o deus de uma pessoa, ela fica com medo de perdê-lo. Ela fica insegura constantemente.

    Porém, posteriormente, Jó reconheceu que não conhecia Deus de verdade. Então, ele se arrependeu diante de Deus e descansou nEle. “É isso que você tem que fazer com respeito à sua vida financeira. Você não pode ficar atribulado porque você perdeu (seja dez reais ou dez milhões de reais). Não importa o quanto você perdeu, porque a sua vida não consiste no saldo bancário”, disse o Bispo Renato. Ele acrescentou que o maior patrimônio que uma pessoa tem é a fé, porque com ela se conquista tudo.

    “Se você não aprende a se desprender das coisas materiais, Deus não vai deixar você prosperar”. O Bispo também complementou que se o diabo percebe que a pessoa é movida pelo dinheiro, ele traz negócios errados para ela se perder.


    Conclusão:

    O Bispo apontou que Jó conclui que Deus pode tudo e que os propósitos do Altíssimo não podem ser impedidos (Jó 42:2). Em outras palavras: seja feita a vontade de Deus. Foi necessário que isso acontecesse para que Jó fosse restituído. Portanto, não fique atribulado por causa do que você perdeu. O que Deus determinou vai acontecer. O segundo passo de Jó foi orar pelos amigos dele. Assim, ore por quem lhe causou perdas. Limpe o coração da mágoa, do desejo de vingança. Igualmente, reclamar, se vitimizar, não vai lhe ajudar. Jó se diminuiu diante de Deus, tirou o foco de si e orou pelos amigos. Só depois o Altíssimo virou o cativeiro de Jó e lhe acrescentou em dobro. Talvez, a pessoa não tem nem a certeza da Salvação da alma e está preocupada só com as coisas materiais.


    Além do Bispo Renato, estiveram presentes também na oração o Bispo Jean Paulo (SC), o Bispo Gonçalves (PR), o Bispo Leandro Zangarini (ES), o Bispo Carlos Cucato (MS), o Bispo Edson Dieter (AM), o Bispo Álvaro Lima (GO), o Bispo Freitas (TO), o Bispo Jerônimo Alves (SE), o Bispo Emerson Carlos (PI), o Pastor Rodrigo Botelho (RO), o Bispo Edgard Brum (MA), o Pastor Alcian Costa (AP), o Bispo Allan Sena (PE), o Bispo André Cajeu (RN), o Bispo José de Holanda (AL), o Bispo Fernando Souza (CE), o Bispo Mauro Souza (AC), o Bispo Djalma Bezerra (PA), o Bispo Guaracy Santos (RS), o Bispo Josué Amorim (RR), o Bispo Osvaldo Volpini (PB), o Bispo Adriano Evaristo (MT), o Bispo Jadson Santos (RJ), o Bispo Sidnei Marques (MG), o Bispo Sergio Corrêa (BA), Bispo Wagner Negrão (DF), o Bispo Mauricio Amaral (Fazenda Canaã) e o Pastor Menezes (que realiza o “Congresso para o Sucesso” em Brasília). Ao todo, estiveram presentes cerca de 8 mil pessoas.





    COMENTÁRIOS

    Buscar

    Alterar Local

    Anuncie Aqui

    Escolha abaixo onde deseja anunciar.

    Efetue o Login